1Atenção a saude do recem-nascido guia para profissionais de saude

Ministério da Saúde, v.1, 2014.  Download do Livro.

Sumário

Apresentação 7
1 A Saúde do Recém-Nascido no Brasil 11
1.1 Situação das condições de nascimento e mortalidade infantil no Brasil:
fatores de risco e marcadores assistenciais 12
1.2 Perfil dos nascimentos no Brasil: velhas questões e novos desafios 12
1.3 Perfil dos óbitos infantis e perinatais no Brasil 18
1.4 Sistema de informação hospitalar (SIH) 20
1.5 Rede de assistência ao RN operando a vigilância em saúde 21
1.6 Princípios assistenciais da linha de cuidado perinatal 22
1.7 Vigilância à saúde do RN 23
Referências 26
2 Cuidados na Hora do Nascimento 29
2.1 Preparo para a assistência 30
2.2 Avaliação da vitalidade ao nascer 33
2.3 Assistência ao RN a termo com boa vitalidade ao nascer 34
2.4 Assistência ao RN com líquido amniótico meconial 35
2.5 Assistência ao RN com necessidade de reanimação 36
2.6 Assistência ao RN com anomalias congênitas 46
2.7 Aspectos éticos da assistência ao RN na sala de parto 47
2.8 Cuidados de rotina após a estabilização clínica do RN na sala de parto 48
2.9 Considerações finais 49
Referências 50
3 Conhecendo o Recém-Nascido: História e Exame Físico 55
3.1 História 55
3.2 Exame físico 58
Referências 81
4 Cuidados no Alojamento Conjunto 83
4.1 Vantagens do alojamento conjunto 84
4.2 Normas básicas 85
4.3 Boas práticas 86
4.4 Identificação da criança de risco ao nascer 93
4.5 Considerações finais 93
Referências 94
5 Prevenção da Infecção Hospitalar 97
5.1 Mecanismos de contaminação do RN 97
5.2 Fatores de risco para IH 98
5.3 Infecções precoce e tardia 99
5.4 Diagnóstico 101
5.5 Prevenção 101
5.6 Uso racional de antibióticos na UTI neonatal 108
5.7 Controle de bactérias multirresistentes 109
5.8 Prevenção e controle de surtos em UTI neonatal 110
Referências 112
6 Aleitamento Materno 115
6.1 Definições 115
6.2 Repercussões do AM no curto, médio e longo prazos 116
6.3 Tópicos importantes para serem abordados com as mulheres na fase inicial do AM 118
6.4 Importância do envolvimento da família 121
6.5 Proteção legal do AM 122
6.6 Observação da mamada 124
6.7 Ordenha do leite 126
Referências 129
7 Dificuldades no Aleitamento Materno 133
7.1 Bebê que não suga ou tem sucção débil 133
7.2 Demora na apojadura 135
7.3 Mamilos planos ou invertidos 135
7.4 Ingurgitamento mamário 136
7.5 Trauma mamilar 137
7.6 Candidíase (monilíase) 139
7.7 Fenômeno de Raynaud 139
7.8 Bloqueio de ductos lactíferos 140
7.9 Mastite 141
7.10 Abscesso mamário 142
7.11 Galactocele 143
7.12 Reflexo exacerbado de ejeção do leite 143
7.13 Pouco leite, leite “fraco”, hiperlactação 143
Referências 147
8 Transporte Seguro 149
8.1 Infraestrutura necessária para o transporte neonatal 150
8.2 Preparação para o transporte neonatal 154
8.3 Cuidados durante o transporte 159
8.4 Intercorrências durante o transporte 160
8.5 Cuidados na chegada do RN na unidade receptora 161
8.6 Situações especiais 161
Referências 164
9 Cuidados na Comunidade 167
9.1 Princípios da AIDPI neonatal 167
9.2 Risco ao nascer 170
9.3 Reconhecimento de doença grave ou infecção localizada 173
9.4 Diarreia em menores de 2 meses 177
Apêndice A 182
Encaminhamento urgente 182
Apêndice B 187
Medicamentos de administração oral 187
Referências 189
Ficha Técnica dos Autores 190