livro-referorma-pisquiatrica-no-brasil

Ministério da saúde, 2005.  Download do livro.

Sumário

I – A Reforma Psiquiátrica no Brasil:Política de Saúde Mental do SUS 6
O processo de Reforma Psiquiátrica 6
Histórico da Reforma: (I) crítica do modelo hospitalocêntrico (1978-1991) 7
Histórico da Reforma: (II) começa a implantação da rede extra-hospitalar (1992-2000) 8
A Reforma Psiquiátrica depois da lei Nacional (2001 -2005) 8
A III Conferência Nacional de Saúde Mental e a participação de usuários e familiares 9
II – O processo de desinstitucionalização 10
Redução de leitos  10
A avaliação anual dos hospitais e seu impacto na reforma 13
As residências terapêuticas 14
O Programa de Volta para Casa 16
A estratégia de redução progressiva a partir dos hospitais de grande porte 17
Algumas situações exemplares: Campina Grande 20
Manicômios Judiciários: um desafio para a Reforma  21
Redução de leitos: cenários possíveis de médio e longo prazo 22
III – A rede de cuidados na comunidade 23
Importância dos conceitos de rede, território e autonomia na construção da rede de atendimento 23
Rede e Território 24
O papel estratégico dos CAPS  25
Saúde Mental na atenção primária: articulação com o programa de saúde da família 31
A rede de saúde mental para a infância e adolescência 33
IV – Saúde Mental e Inclusão social: a rede se amplia 34
Programa de inclusão social pelo trabalho 34
Centros de Convivência e Cultura: uma proposta em debate 36
A participação dos familiares e usuários dos serviços e seu protagonismo 37
V- A política de álcool e outras drogas 38
Antecedentes: a omissão histórica da saúde pública 38
Tabela 7 – Epidemiologia no Brasil: uso e dependência de outras drogas por gênero 40
A organização da rede de atenção 40
Estratégias para redução de danos e riscos associados ao consumo prejudicial  41
VI – Os principais desafios da Reforma Psiquiátrica 42
Acessibilidade e eqüidade  42
Formação de Recursos Humanos 43
O debate cultural: estigma, inclusão social, superação do valor atribuído ao modelo
hospitalocêntrico, papel dos meios de comunicação 44
O debate científico: evidência e valor  44
Anexos 46
Referencias 51